Pela sua saúde conheça os 5 alimentos que não deve aquecer no micro-ondas!

 

Há cada vez mais pessoas a levarem comida para o local de trabalho, seja para poupar algum dinheiro seja porque tem pressa ou até para manter a linha.

BBpSN3t

A maioria das refeições – senão todas – é aquecida no micro-ondas. Mas, segundo a The European Food Information Council e a Food Standards Agency, citadas pelo jornal inglês Independent, nem todos os alimentos devem ser reaquecidos no micro-ondas.

Eis quais os alimentos que deve evitar voltar a aquecer no micro-ondas:

1. Frango

Tanto frango como outras aves e ovos têm uma quantidade específica de salmonela. Nada com que tenha de se preocupar, a não ser que aqueça estes alimentos no micro-ondas, uma vez que este aparelho não aquece a comida toda da mesma maneira, isto é, há partes que aquecem mais rapidamente que outras.

Reaquecer frango no micro-ondas não é boa ideia porque contém mais proteínas que carnes vermelhas. Quando são reaquecidas, as proteínas são decompostas de uma forma diferente e isso pode provocar dores de estômago.

Caso decida aquecer frango no micro-ondas, não se esqueça de ir virando a carne regularmente de modo a que esta aqueça por dentro e por fora.

2. Arroz

No caso do arroz, a maneira como este é guardado é mais importante de que voltar a aquecê-lo. Quando o arroz é deixado num recipiente a temperatura ambiente, os esporos multiplicam-se e podem provocar uma intoxicação alimentar. Ao voltar a aquecer o arroz, arrisca-se na mesma a ter uma intoxicação.

3. Batatas

O problema das batatas é o mesmo que o do arroz, ou seja, o importante é a maneira como guarda o alimento. Se deixar as batatas arrefecerem à temperatura ambiente e não as colocar no frigorífico, pode levar a que surja a bactéria Clostridium botulinum, que pode provocar uma intoxicação alimentar. Uma situação que pode ocorrer especialmente se envolver as batatas em papel prata.

Voltar a aquecer as batatas não destrói a bactéria, portanto tenha atenção ao modo como as guarda.

4. Cogumelos

Segundo o European Food Information Council, os cogumelos têm proteínas que podem facilmente ser destruídas por micro-organismos e enzimas.

Mais uma vez, os cogumelos podem estragar-se com facilidade caso não sejam guardados corretamente. Se os voltar a aquecer, pode ficar com dores de estômago ou até ficar doente. À partida, explica o European Food Information Council, se os guardar no frigorifico durante, no máximo, 24 horas, não deverá haver problema em voltar a aquecê-los. Mas não o faça a uma temperatura superior a 70ºC.

5. Espinafres e outros vegetais

O European Food Information Council desaconcelha as pessoas a voltarem a aquecer os espinafres. Isto porque tanto os espinafres como outros vegetais com folhas como o agrião, a alface, a rúcula, a couve, etc., têm elevados níveis de nitrato.

O European Food Information Council explica que, ainda que estes, em si, sejam inofensivos, o problema surge quando os nitratos são convertidos em nitritos e estes, por sua vez, em nitrosaminas.

Isto pode afetar a capacidade da corrente sanguínea de transportar oxigénio. A situação complica-se no caso das crianças, uma vez que pode provocar problemas no coração dos bebés conhecido por ‘Blue Baby Syndrome’.



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *