Já conhece o cereal mais rico em proteínas? Pela sua saúde leia este artigo!

Composta por 70% de glúcidos, 18% de proteínas, pouca gordura e isenta de glúten, a quinoa é um alimento muito proteíco. Conheça todas as propriedades nutricionais e as formas de confeção deste ingrediente.

transferir (1).

Já alguma vez o provou? Está na moda sob a forma de quinoto, risoto confecionado com quinoa em vez de arroz. Tem um sabor suave a noz e uma textura fofa, leve e macia, semelhante à do cuscuz. A cor varia do amarelo pálido ao preto, vermelho e castanho. Falamos da quinoa, conhecida como arroz dos incas, um cognome que se refere à sua origem sul-americana e cinco mil anos de existência. Disponível sob a forma de grão, farinha, massa e cereal, esta é uma semente da qual se conhecem mais de oito mil variedades.

Segundo a American Dietetic Association, a associação dietética norte-americana, «pode ajudar em casos de doença cardíaca, diabetes e prevenção do cancro». Muitos consideram-no um super cereal. A quinoa oferece cerca de 18 por cento de proteína, um valor superior ao de outros cereais, algumas variedades chegam a conter mais de 20 por cento, destaca David Grotto em «101 Super Alimentos que Podem Salvar a Sua Vida», publicado em Portugal pela Academia do Livro.

Este cereal é uma fonte completa de proteína, reunindo os oito aminoácidos essenciais, sobretudo metionina, cistina e lisina, cuja porção é o dobro da da aveia, o triplo da do milho e cinco vezes superior à do trigo. É uma boa fonte de fibra, sendo ideal no combate à obesidade. O seu poder de saciedade é superior ao do arroz e do trigo. Pobre em gordura (contém cerca de 10 por  cento), é rica em hidratos de carbono, cerca de 72 por cento, sob a forma de amido. Pode ser ingerida por doentes celíacos pois oferece pouco glúten.

Como preparar e ingerir a quinoa

A quinoa pode ser ingerida ao pequeno-almoço (em substituição dos cereais habituais) ou mesmo às refeições principais, integrada em sopas, saladas, acompanhamentos (cozida como o arroz ou na forma de puré) ou sobremesas. Antes de a confecionar, deve lavar bem as sementes para remover qualquer resíduo  de resina natural (saponina) que permaneça. Não se surpreenda se fizer espuma ao enxaguar. Antes de  cozinhar, o ideal é torrar as sementes numa frigideira seca, durante cinco minutos.

Este gesto torná-las-à mais saborosas. Depois, é só confecionar, como se de outro cereal se tratasse. Pode ser preparado como o arroz. «A quinoa surge como uma alternativa para todos desportistas ou vegetarianos, para quem sofre de alergias ou intolerância ao glúten, para quem pretende emagrecer, pois prolonga a sensação da saciedade, ou, simplesmente, para quem queira apenas adaptar um estilo de vida mais saudável», refere Luís Mourão, chef do Epic Sana Algarve Hotel.

Todos os benefícios nutricionais deste cereal

Fonte de vitaminas e minerais, a quinoa integra uma quantidade de fibras importante, que não deve negligenciar. Estas são outras das substâncias nutritivas que encontra neste cereal:

– Ácido fólico
Indispensável para a formação de glóbulos vermelhos e para o sistema nervoso.

– Magnésio
Contribui para a formação de músculos, ossos fortes e dentes saudáveis.

– Ferro
Participa na formação de glóbulos vermelhos.

– Fósforo
Envolvido na formação de músculos e ossos fortes.

– Zinco
Necessário para a reparação dos tecidos, sistema reprodutivo e imunitário.


– Cobre

Participa na produção de energia e na síntese da hormona adrenalina.

– Manganésio
Determinante para a estrutura óssea normal.

– Potássio
Importante para manter a pressão arterial equilibrada.

– Vitaminas do complexo B
Aliadas do sistema nervoso, digestivo, cardiovascular e da pele.

Como saborear a quinoa ao pequeno-almoço

Ferva duas chávenas de água, adicione uma chávena de quinoa, reduza o calor e deixe ferver em lume brando durante cinco minutos. Adicione meia chávena de maçã cortada em tiras finas, um terço de chávena de passa de uva e meia colher de chá de canela e deixe ferver em lume brando até a água ser absorvida. Finalmente, sirva este preparado com leite e começará o dia de uma forma naturalmente saudável.

Como integrar a quinoa na sua alimentação durante as refeições principais

Prepare como se fosse arroz, fervendo duas chávenas de água para uma de grão, tapando e deixando ferver em lume brando durante cerca de 15 minutos. Deve ficar al dente.

 A quinoa nas saladas

Misture quinoa cozida, arrefecida, com legumes crus ou cozidos picados e ervas frescas. Tempere com molho de vinagrete ou de soja.

fonte: http://lifestyle.sapo.pt/



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *