Dores nas costas ou joelhos? Conheça a forma de acabar estas dores com gengibre!

Dores nas costas, pernas, joelhos. Esse é um problema muito comum que atinge oito a cada dez pessoas.
As dores variam de leves para graves e podem durar semanas.
Geralmente o problema surge depois de grande esforço físico ou actividades prolongadas.
Por isso, é sempre bom alongar antes dos exercícios.
Há tratamento natural para o problema?
Sim, há bons tratamentos naturais para dor.

gengibre - dor nas costas

Este tratamento com gengibre que vamos ensinar agora é óptimo para combater a dor e o desconforto nas costas e em outras partes, como joelhos e pernas:
Primeiro deve cortar um pequeno pedaço de gengibre e enrolar numa gaze ou num pedaço de pano, fazendo uma compressa e aplicando na área dolorida.
Não coloque o gengibre directamente sobre a pele, pois pode irritá-la.
Se desejar, cubra a compressa de gengibre com uma toalha e deixe actuar durante toda a noite – o efeito é mais prolongado.
Caso esse procedimento não resolva, tente a receita mais forte:

INGREDIENTES

1 pedaço grande de gengibre
5 litros de água
1 saco de algodão ou uma meia
2 toalhas de mão
1 toalha grande

MODO DE PREPARAÇÃO

Colocar água para ferver numa panela grande.
Enquanto isso, ralar o gengibre todo até obter um grande punhado e colocá-lo num saco fechado ou meia.
Quando estiver perto de ferver, esprema o gengibre que está no saquinho fechado sobre a água, para incorporar o suco de gengibre à agua que está no fogo.
Deixe cozinhar por mais cinco minutos, sem deixar que ferva.
Colocar esse líquido na toalha de mão, escorrer e aplicar o mais quente que puder suportar na região da dor.
Cobrir com a toalha grande para não receber ventilação.
Quando esfriar, repetir o procedimento com a outra toalha de mão.
Fazer este procedimento sete vezes ou até que a pele fique enrijecida.
Importante!
Não fazer este tratamento na cabeça, durante a gravidez, se estiver com alguma infeção, cancro ou logo depois de comer.



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *