Saiba como combater o desagradável “hálito a alho”


É comum usar alho para confecionar alimentos ou até mesmo para lhes dar um sabor mais intenso, mas é essa mesma intensidade do alho que provoca um hálito desagradável horas depois de ter sido consumido.

AAfoXg8

Mas, por que é que se tem ‘hálito a alho’? A culpa é de um dos quatro compostos voláteis no alho, o sulfeto de metil-alilo (que trabalha em conjunto com os restantes três: dialil dissulfeto, dissulfeto de metil-alilo e alilo mercaptana).

Contudo, o seu odor intenso e sabor persistente apenas acontece quando um dente de alho é partido, o que acontece quase sempre que é usado para confecionar alimentos, lê-se no site About.

Embora a cozedura do alho diminua a intensidade do seu sabor – e do seu efeito no hálito – a verdade é que é muito difícil (para não dizer quase impossível) não ficar com ‘hálito a alho’ depois de o consumir, uma vez que assim que o alho é cortado, o sulfeto de metil-alilo é absorvido pela região gastrointestinal e, depois, entra na corrente sanguínea, sendo apenas expelido por alguns órgãos, como os rins, pulmões e pele (daí a dificuldade em tirar o cheiro a alho das mãos depois de o cortar).Embora não exista uma fórmula ‘cientificamente provada’ que sugira como eliminar o hálito a alho, a ingestão de leite ou de salsa crua pode ajudar a atenuar o cheiro que sai de dentro da boca. A maçã e o espinafre podem também ser boas alternativas.

Estes quatro alimentos possuem enzinas que ajudam a aniquilar os compostos voláteis presentes no alho, em especial o que dá origem ao cheiro e ao sabor intenso.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *